Aplicativos, gadgets, geek, internet, Segurança e Privacidade

Haven

Existe uma boa chance de você ter um aparelho Android velho em sua casa, celular ou tablet, esquecido em uma gaveta após ser trocado por um aparelho mais moderno. Possivelmente ele tem uma versão obsoleta do sistema Android, ainda na 4.x. Mas se ainda funcionar, você pode encontrar muitos usos interessantes para o seu aparelho, dentre eles, transformá-lo em um dispositivo de segurança, isto é, a segurança física.

O aplicativo Haven, desenvolvido por Edward Snowden em parceria com o Guardian Project e lançado no final de 2017, foi pensado exatamente para isso. Ele leva o conceito de câmera de segurança muito além: Todo aparelho Android, além de câmera e microfone, tem outros sensores, como giroscópios, bússola e acelerômetro, mesmo os mais velhos, e podem perceber movimentos ao redor e oscilações na superfície em que está apoiado. Uma das utilidades do Haven é deixar o aparelho em algum canto de sua casa que queira vigiar enquanto estiver ausente. Pode ser configurado para registrar qualquer evento em que a luz seja acesa ou apagada, em que um som for captado, ou em que uma vibração for percebida na superfície em que o aparelho está. E pode ser configurado também para avisar o usuário a cada evento registrado, por Wi-Fi, enviando relatórios em mensagens criptografadas (pelo Signal, o padrão ouro dos sistemas de mensagens criptografadas) com alguma regularidade. Ou o aplicativo pode ser configurado para ser acessado a qualquer momento pela rede Tor. Esta última opção não precisa que se tenha um número de celular extra, o que explicarei mais abaixo.

Não é um conceito totalmente novo. Já existiam aplicativos para transmitir a imagem da câmera e do microfone pela internet, para acessar os sensores do celular de formas criativas e transmitir os dados… O Haven usa várias tecnologias que já existiam e as coloca num único pacote, funcional, relativamente fácil de usar, gratuito, e com um canal extremamente seguro para ser acessado remotamente.

Cenários de Uso

Snowden pensou especificamente no problema de pessoas que carregam notebooks com informação sigilosa, como jornalistas, e nunca se sentem tranquilos deixando o computador sozinho num quarto de hotel ou mesmo na própria casa. Um celular com o Haven, posicionado em cima ou embaixo do notebook, registra cada vez que alguém usa ou apenas encosta na máquina protegida.  E isto é só uma possibilidade, ele não é útil apenas para jornalistas que trabalham com informação excessivamente suculenta. Não só um notebook, mas qualquer objeto de valor pode ser protegido desta maneira. E o Haven pode ser usado não apenas para vigiar um objeto, mas um cômodo, por exemplo, se quiser saber tudo o que passa nele durante sua ausência, um verdadeiro sistema de alarme gratuito. Se algum ladrão entrar na sua casa ou comércio, você vai ficar sabendo. Ou se a sua empregada furtar objetos em sua casa. Ou se o seu irmão entrar no seu quarto mesmo vocês tendo combinado de não fazer isso…

O aplicativo também pode ser usado para registrar o que acontece no cômodo quando há pessoas nele, durante o seu período de atividade normal, e de maneira discreta, sem que ninguém além do usuário do Haven precise saber.

Não pense que este tipo de utilidade só serve aos paranoicos, tarados, fanáticos por controle e cia. limitada. Estes, de toda forma,  já usam soluções mais antigas e convencionais para fazer o que querem. Em outras palavras, o aplicativo não possibilita nenhum abuso que já não era possível antes para mentes “criativas” (e ociosas). Mas é uma ótima opção para quem é vítima de uma situação abusiva, não está afim de brincar com tecnologia e nem tem tempo para isso, tampouco dinheiro para gastar em soluções sofisticadas, mas precisa produzir provas: Como uma esposa que sofre violência doméstica, ou um empregado que passa constantemente por assédio moral no trabalho. Cada momento pode ser registrado com data e horário por um celular ou tablet escondido em uma prateleira ou dentro de uma gaveta (talvez a mesma em que o aparelho foi esquecido por anos) se só o som for suficiente, produzindo um dossiê completo de tudo que acontece, que também pode ser periodicamente transmitido para outro celular, se o usuário precisar.

Configuração Básica

Eu experimentei o aplicativo, ainda não com o Tor, mas com o Signal. A quem interessar possa, fiz o teste apenas no meu próprio quarto. Acredito que é tão fácil de usar quanto um aplicativo com tantas funções possa ser. Quando você abre pela primeira vez, a tela do aplicativo o guiará no processo de calibrar os sensores. A interface precisa ser um pouco mais polida, mas no geral não é difícil, deve levar de 5 a 15 minutos. O usuário definirá a partir de quantos decibéis é para começar a gravar, o limiar deverá ser bem baixo, se quiser que o Haven grave logo que captar o som de passos, ou mais alto, se for para gravar apenas quando alguém falar no ambiente. Mesmo se for para começar a gravar com qualquer ruído, o limiar não deve ficar no zero, é preciso levar em consideração o ruído normal daquele cômodo, que pode ser mais alto, por exemplo, se ficar de frente a uma rua movimentada, ou se tiver ventilador sempre ligado. Depois você define que nível de vibração na superfície deve ser registrado, se isto for pertinente; as instruções na tela explicam razoavelmente bem. É mais fácil fazer do que parece na descrição. Pode-se mudar as configurações a qualquer momento clicando no ícone da engrenagem, na tela principal do aplicativo.

A parte um pouco mais chata é configurar para mandar mensagens. Existe a opção de mandar por SMS apenas, mas ignore-a. Isto não é seguro, conveniente ou necessário (não num cenário típico) e por SMS você não recebe relatórios com imagens e gravações de áudio. Para isto você precisa usar o aplicativo de mensagens Signal. O Signal só precisa ser instalado no seu celular, que você usa normalmente, não no celular do Haven; a interface com o Signal é contida no próprio Haven. Mas precisa de um segundo chip de celular com um número que não seja o seu, só para receber a mensagem de SMS de confirmação, pois o sistema do Signal exige um número de telefone para cada usuário, e infelizmente no Haven não dá opção de código de confirmação por chamada, e assim não dá para registrar com telefone fixo.

Este chip extra só vai servir para isso mesmo, para registrar o Signal do Haven, que vai mandar os alertas pelo Wi-Fi depois. Não será usado o plano de dados do chip, não por padrão. Uma boa opção, se não tiver um segundo número, é comprar um chip pré-pago numa banca de jornal e colocá-lo no celular do Haven só para ler o SMS de confirmação. Com o Signal configurado, os alertas com relatórios podem ser enviados instantaneamente, assim que são captados, ou serem enviados em períodos regulares, de x em x minutos, com o relatório de tudo que aconteceu após o alerta anterior. Se for para segurança residencial ou comercial, é extremamente recomendável configurar para mandar o relatório instantaneamente, porque o aparelho pode ser descoberto e destruído pelo invasor.

haven

Neste menu de configurações, também é importante clicar na opção de desativar a otimização de bateria/economia de energia ou similar, caso haja, para o Haven não deixar de funcionar com a tela desligada, o que evidentemente é necessário para quase qualquer uso prático do aplicativo.

Agora que está tudo pronto, na tela inicial, clique no ícone de Play, e depois em “Começar Agora”, e o Haven começará a registrar, após um timer, que também pode ser configurado. Use com responsabilidade.

https://play.google.com/store/apps/dev?id=6502754515281796553

https://www.tudocelular.com/android/noticias/n116606/snowden-haven.html

https://www.wired.com/story/snowden-haven-app-turns-phone-into-home-security-system/

 

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s