Sem categoria

Cigarro vs. a cultura da produtividade máxima

fumando

Fumar foi proibido porque é improdutivo. Mas vamos com calma, não quero encorajar ninguém a fumar, eu mesmo abandonei este hábito ano passado.

Que o fumo traz incontáveis malefícios à saúde, todos já sabem. Mas não se engane, a razão pela qual o fumo foi proibido na maioria dos espaços públicos é porque ele dá lucro apenas para a indústria tabagista e mais ninguém. Fumantes fazem mais intervalos no trabalho, precisam de acomodações especiais, e ficam doentes com mais frequência, precisando de dias de folga e onerando o sistema de saúde. Uma das formas mais grotescas que eu já vi de humilhar um funcionário é fazê-lo usar um crachá escrito “em respeito ao cliente, não fumo em serviço”. Repeito ao cliente meu pau de óculos. Sem falar de todo o dinheiro gasto em cigarro que poderia ser gasto em outra coisa. Fumar é egoísta.

A ideia de legalizar a maconha só está ganhando tração porque a maconha é uma droga com potencial de vício relativamente baixo, e quando usada esporadicamente não faz muito mal. É muito mais fácil fumar um baseado por semana do que um cigarro de tabaco por semana. Mas eu sou obrigado a ser produtivo quase o tempo todo?

Sim. Desculpe, mas para o sistema você tem que ser uma perfeita máquina de produzir e consumir. Até mesmo o lazer deve ser produtivo, tanto que foi rebatizado de “tempo de qualidade” pelo pessoal dos recursos (des) humanos. Não pode mais ficar de barriga pro ar, não pode nem chegar em casa cansado do trabalho e descansar, tem que ir na academia ou praticar algum esporte lazer só é permitido se ajudar no seu crescimento pessoal e atingir as suas metas. Fazer amizades virou “fazer networking”. Criou-se o bicho papão chamado “ponto de conforto” para manter as pessoas permanentemente insatisfeitas. Cigarro só foi permitido enquanto não se sabia ele gerava improdutividade.

Se você é de esquerda deve estar adorando este texto. Lamento cortar o seu barato, mas a esquerda também adotou a lógica da
produtividade em tempo integral. Richard Stallman, famoso pai do software livre, e esquerdista convicto, fez um texto em seu site para criticar o jogo Pokémon Go (será o celular o novo cigarro?). Além das reclamações que eu já esperava dele – o jogo não é software livre e coleta dados do usuário – Stallman disse que “se tem algo que você quer mudar no mundo, você deveria estar fazendo isso ao invés desses hobbies”. A implicação é pior ainda: Não apenas eu tenho que ser um robô, produtivo e eficiente o tempo todo, mas eu tenho que fazer isso não para ganhar dinheiro para mim, mas pelo bem do mundo. Ah, vai catar coquinho.

E o cigarro, como fica nessa história toda? Não fica, é banido, e os fumantes condenados à vergonha, verdadeiros cidadãos de segunda classe. A ironia é que no tempo que fumar era um símbolo de rebeldia, um monte de gente fumava, inclusive os caretas. Hoje em dia fumar é de fato um ato de rebeldia, contraventor, e absolutamente individualista. Quem fuma não dá a mínima para o que a sociedade pensa de seus prazeres privados. Tirando é claro os fumantes arrependidos.

Confesso, uma boa parte do motivo de eu ter parado de fumar foi porque este hábito já estava me trazendo muito pouco prazer, perto de toda a inconveniência que me causava (o cérebro desenvolve tolerância à nicotina), mas saúde também foi um fator. Mas também não me tornei um desses ex-fumantes insuportáveis que viram evangelistas do anti-tabagismo, e tratam fumantes como seres inferiores. Sempre permiti o fumo na minha casa e no meu carro, por cortesia.

Eu entendo que se proíba o tabaco em certos lugares públicos para proteger a saúde das pessoas, mas às vezes isso é pura antipatia. Para que proibir de fumar num estacionamento aberto? Numa varanda? Ah é, porque não é produtivo.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s