Sem categoria

Bando de retardados

É verdade, os módulos do meu kernel estão corrompidos. Mas em certas pessoas, o próprio kernel e todas as demais camadas do sistema operacional estão corrompidas.

http://www.theguardian.com/lifeandstyle/2016/jun/02/how-video-pranksters-are-cashing-in-on-the-abuse-and-harassment-of-women

Eu absolutamente não sou um feminista e acho o movimento feminista, no geral, patético, principalmente o que eu vejo no Brasil, em que até olhar por mais de 1,5 segundo para um decote é um estupro. Mas isto, isto é um absurdo, não precisa ser nenhuma espécie de “ista” para achar revoltante.

A matéria do tabloide esquerdopata The Guardian, que desta vez tem razão (mais ou menos como no caso do relógio quebrado), fala sobre uma nova moda de humilhar mulheres, até mesmo em público, e postar os vídeos na internet. Em um, o rapaz aborda a mulher sentada num degrau de uma escadaria numa praça, anuncia que é o “dia do beijo” (mais uma destas datas idiotas inventadas por não sei quem mas que as pessoas seguem como se fosse feriado nacional porque sim) e pede para beijá-la. Ela diz que não quer, e ele continua insistindo até que ela fica irritada e manda ele se foder, e ele sai rindo, e o vídeo foi postado no canal do YouTube do cara, onde pessoas comentam (ah, comentaristas de internet…) que a mulher é uma vaca e mais não sei o que.

Eu senti muita vergonha alheia quando li isso, porque eu me sinto constrangido facilmente quando alguém me aborda em público, me dá um certo desespero. Exagero? Talvez, no meu caso. Mas o que o sujeito fez deixaria qualquer um ou qualquer uma humilhado.

Aí, em outro vídeo, o cara se gaba de ter passado pimenta no absorvente interno da sua “companheira”. Pimenta no absorvente. Sério. Não, sério? É o que diz na notícia… E as pessoas dão views pro vídeo, e dão like, e compartilham. Ah, no YouTube a remuneração dos produtores de conteúdo é bem pequena e só quem tem muitas, mas muitas visualizações mesmo consegue tirar uma boa grana. Será que está dando bastante lucro fazer vídeos fazendo coisas retardadas com gente que não tem nada a ver?

Uma pessoa nos comentários da notícia disse que as tais pegadinhas são mútuas, e que a menina também já fez coisas cruéis com o cara. Isto não me deixa muito mais feliz, só significa que naquele canal há dois retardados ao invés de um. Parece que é uma coisa normal de casais felizes hoje em dia. Eles devem se sentir muito, muito “descolados” fazendo essas coisas.

Ok, eu sei, você pode comentar que isso já existe há muito tempo, que remete aos tempos do Jackass e das videocassetadas do Faustão, mas eu não sei explicar bem o porquê, sinto que o mundo de hoje em dia está muito mais retardado do que antes. Em outro canal, descrito pelo The Guardian, o cara faz vídeos pegando na bunda de mulheres aleatórias na rua. Talvez eu esteja muito velho se não consigo mais achar graça nisso tudo. Em todo caso…

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s